POVO DE ARUANDA

Este é um Fórum destinado ao estudo da Umbanda.

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Quem está conectado
7 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 7 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 68 em Sex 13 Maio - 10:08
Estatísticas
Temos 337 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Clea

Os nossos membros postaram um total de 137 mensagens em 88 assuntos

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

ESTUDO BÁSICO DE UMBANDA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 ESTUDO BÁSICO DE UMBANDA em Qua 13 Maio - 7:33

Amados irmãos,

eu tenho aqui meus guardados e dentro dos mesmos eu encontrei centenas de mensagens de um antigo fórum de Umbanda, onde tem este estudo o que é uma grande perda é que quem postou não deu nome dos Autores de onde tiraram os textos, mas estes foram postados Eleonora naquele antigo fórum, mas pelo que deu para perceber na linguagem dos textos, que são muitos, é que trata-se de Matta e Silva.

Ver perfil do usuário http://www.povodearuanda.com.br

2 Re: ESTUDO BÁSICO DE UMBANDA em Qua 13 Maio - 7:36

1) UMBANDA – significa o Conjunto das Leis de Deus. Deus atua através de leis Imutáveis e Perfeitas. A Umbanda tem por objetivo implantar no coração dos seus filhos de fé essas leis. Todas as entidades, trabalhadores espirituais da seara de Umbanda, não importa sob que forma ou aspecto, trabalham incansavelmente para implantar as suas leis e sua doutrina no coração dos filhos de fé. A Umbanda é originária do Brasil, formada pelos elementos Branco-Negro-Vermelho, ou seja, Europeu – Africano – Indígena. Portanto todas as suas manifestações se dão através da “roupagem” de crianças (branco), pretos velhos (negro) e caboclos (índios). Isto não significa que os espíritos que se manifestam sejam crianças, caboclos ou pretos velhos, e sim que se apresentam dessa forma.

Quem criou o termo Espiritismo foi Allan Kardec para batizar a nova ciência/filosofia que ele criou. Segundo Kardec, Espiritismo é a Doutrina dos Espíritos. Porém, os fenômenos estudados por Kardec já ocorriam desde os primórdios da civilização. Kardec divulgou, estudou e propagou PARTE das verdades reveladas pelos espíritos (vide Livro dos Espíritos páginas 21/25 – Kardec diz que ali estão os PONTOS PRINCIPAIS). Logo, existe uma certa identidade entre Umbanda e Espiritismo, mas a Umbanda não é o Espiritismo apenas.

2) CORRENTE ASTRAL DE UMBANDA – Deus (Zâmbi, Olorum, Tupã, Osíris etc) elegeu 7 Potencias Espirituais para representarem suas Leis. Estas 7 Potências têm comando direto sobre o Planeta Terra e no nosso sistema planetário, sendo que a principal Potência é o Cristo Planetário, que supervisiona as outras seis. Estas Potências tomam os nomes de Orixás.

A Corrente Astral de Umbanda surgiu como uma providência do Astral Superior sobre toda a massa que qualificaram como praticantes das seitas afro-brasileiras. Não importa o nome como tais Potências são identificadas. Nada altera a razão de ser delas muito menos a sua essência. (Oxalá = Jesus, Buda, Mitra etc).

3) LINHAS DE UMBANDA – Essas Potências ou Orixás fazem-se representar através de Linhas, que significam Faixas Vibratórias, em que os Espíritos Mentores se situam por AFINIDADE. Cada Linha contém 7 Legiões (Orixás Intermediários). Cada Legião contém 7 Falanges (Guias) e cada Falange possui 7 Protetores.

As 7 Linhas ou Vibrações originais (ou 7 Orixás) são:

OXALÁ (ou ORIXALÁ) – o que está acima de todos os Orixás, sem ser Deus, supervisionando as demais. Nessa vibração, os espíritos são sempre nos níveis acima de Guias, portanto, elevadíssimos e que raramente se manifestam. É nesta linha que estão classificados o mais vulgarmente conhecido como ‘Povo do Oriente.” Vibração eletromagnética do SOL

YEMANJÁ – Nesta faixa estão situados todos os espíritos que se apresentam com roupagem fluídica de Caboclas e que trabalham e são muito ligadas aos elementais das águas na Vibração eletromagnética da LUA. São conhecidas também como “Povo D’Água”.

YORI – aqui estão situados todos os espíritos que se apresentam com roupagem fluídica de Crianças.
Trabalham com elementais da terra e do ar na Vibração Eletromagnética de MERCÚRIO. Também são conhecidos como “Erês”, “Ibejis” ou “Dois-dois”.

XANGÔ – nesta vibração estão espíritos que se apresentam com a roupagem fluídica de caboclos e trabalham com os elementais do fogo e da água, na Vibração Eletromagnética de JÚPITER

OGUM – nesta vibração estão os espíritos que se apresentam com a roupagem fluídica de caboclos que se apresentam como caboclos e trabalham com elementais do fogo e da água na Vibração Eletromagnética de MARTE.

OXÓSSI – Nesta faixa estão os espíritos que se apresentam com a roupagem fluídica de caboclos e caboclas que trabalham com os elementais da terra e do ar, na Vibração Eletromagnética de VÊNUS.

YORIMÁ – Nesta vibração estão os Espíritos que se apresentam sob a roupagem fluídica de pretos velhos e pretas velhas. Manipulam todos os aspectos elementais, principalmente os do ar e da terra na Vibração Eletromagnética de SATURNO.

Ver perfil do usuário http://www.povodearuanda.com.br

3 Re: ESTUDO BÁSICO DE UMBANDA em Qua 13 Maio - 7:46

Também são conhecidos como “Linha das Almas”, “Linha de São Cipriano” ou “Cacarucaios”.

4) ORIXÁS MENORES - Dentro da hierarquia do Orixá, o Orixá menor é o plano máximo das entidades que atuam mediunicamente e no movimento umbandista em suas raras atuações mediúnicas procuram reascender a chama do triplice caminho da Umbanda (amor - sabedoria - fortaleza ).

Os Orixás Menores são representantes da Vibração Original em cada uma das outras Linhas de Vibração, perfazendo um total de 49 Orixás Menores, assim distribuídos:

Linha de OXALÁ:

Urubatão da Guia --------- representante direto de Oxalá
Guaraci ------------------------ intermediário para Ogum
Guarani ---------------------- intermediário para Oxossi
Aymoré ------------------------ intermediário para Xangô
Tupi ------------------------- intermediário para Yorimá
Ubiratan ----------------------- intermediário para Yori
Ubirajara -------------------- intermediário para Yemanjá


Linha de YEMANJÁ:

Cabocla Yara ----------- representante direto de Yemanjá
Cabocla Sereia do Mar --------- intermediário para Oxalá
Cabocla do Mar ----------------- intermediário para Ogum
Cabocla Indayá --------------- intermediário para Oxossi
Cabocla Yansã ----------------- intermediário para Xangô
CAbocla Nanã Burukum --------- intermediário para Yorimá
Cabocla Oxum ------------------- intermediário para Yori


Linha de YORI:

Tupãnzinho ---------------- representante direto de Yori
Yariri ---------------------- intermediário para Yemanjá
Ori --------------------------- intermediário para Oxalá
Yari --------------------------- intermediário para Ogum
Damião ------------------------intermediário para Oxossi
Doum -------------------------- intermediário para Xangô
Cosme ------------------------ intermediário para Yorimá


Linha de XANGÔ:

Xangô kaô ---------------- representante direto de Xangô
Xangô Pedra Preta ------------ intermediário para Yorimá
Xangô 7 Cachoeiras ------------- intermediário para Yori
Xangô 7 Pedreiras ----------- intermediário para Yemanjá
Xangô Pedra Branca ------------ intermediário para Oxalá
Xangô 7 Montanhas -------------- intermediário para Ogum
Xangô Agodô ------------------ intermediário para Oxossi


Linha de OGUM:

Ogum de Lei --------------- representante direto de Ogum
Ogum Rompe-Mato -------------- intermediário para Oxossi
Ogum Beira Mar ---------------- intermediário para Xangô
Ogum de Malé ----------------- intermediário para Yorimá
Ogum Megê ---------------------- intermediário para Yori
Ogum Yara ------------------- intermediário para Yemanjá
Ogum Matinata ----------------- intermediário para Oxalá


Linha de OXÓSSI:

Arranca-toco ------------ representante direto de Oxossi
Cobra Coral ------------------- intermediário para Xangô
Tupynambá -------------------- intermediário para Yorimá
Juremá ------------------------- intermediário para Yori
Pena Branca ----------------- intermediário para Yemanjá
Arruda ------------------------ intermediário para Oxalá
Araribóia ---------------------- intermediário para Ogum


Linha de YORIMÀ:

Pai Guiné --------------- representante direto de Yorimá
Pai Congo D´Aruanda ------------ intermediário para Yori
Pai Arruda ------------------ intermediário para Yemanjá
Pai Tomé ---------------------- intermediário para Oxalá
Pai Benedito ------------------- intermediário para Ogum
Pai Joaquim -------------------intermediário para Oxossi
Vovó Maria Conga -------------- intermediário para Xangô


5) GUIAS - Os guias são os enviados dos Orixás menores e atuam nas suas coletividades afins, procurando orientar a humanidade.

Linha de Oxalá: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Caboclo Águia Branca, Caboclo Itinguçu, Caboclo Girassol, Caboclo Nuvem Branca, Caboclo Guarantan, Caboclo Poty e outros.

Linha de Yemanjá: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Cabocla Cinda, Caboclo do Mar, Cabocla 7 Luas, Cabocla Jaçanã, Cabocla Jandira e outras

Linha de Yori: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Mariazinha, Chiquinho, Paulinho, Aninha, Ricardinho, Crispim e outros.

Linha de Xangô: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Caboclo do Sol e da Lua, Caboclo Pedra-Roxa, Caboclo Cachoeira, Caboclo Ventania, Caboclo Rompe Fogo e outros.

Linha de Ogum: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Caboclo Tira-teima, Caboclo Humaitá, Caboclo 7 Ondas, Caboclo 7 Lanças, Caboclo Icaraí, Caboclo Estrela do Oriente e outros.

Linha de Oxossi: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Caboclo Tupiara, Caboclo Flecha Dourada, Caboclo 7 Estrelas, Caboclo 7 Folhas, Caboclo Folha Verde, e outos.

Linha de Yorimá: Algumas das entidades no grau de guia, se apresentam como: Pai Chico das Almas, Vovó Angola, Pai João D' Angola, Pai Congo do Mar, Vovó Cambinda de Guiné e outros


6) PROTETORES - Os protetores são os enviados dos guias e trabalham mais diretamente com as humanas criaturas nos movimentos religiosos e em regiões mais restritas, são essas entidades que atuam com mais freqüência na mecânica de incorporação. Os protetores ordenam seus sub-planos afins.

Linha de Oxalá : no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são: Caboclo Guaraná, Caboclo Malembá, Caboclo Água Branca, Caboclo das águas Claras, Caboclo Jacutinga, Caboclo Lírio Branco, Caboclo da Folha Branca, Caboclo Ibitan e outros.

Observação: estes caboclos não pertencem á linha original de Oxalá, cujos representantes estão sempre em grau acima de Guia.

Linha de Yemanjá: no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são: Cabocla Lua-Nova, Cabocla Rosa-Branca, Caboclo da Praia, Cabocla Jacy, Cabocla da Concha Dourada, Caboclo 7 Conchas e outros.

Linha de Yori: no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são: Estrelinha D' Angola, Dominguinho, Dounzinho, Jureminha, Joãozinho da Praia e outros.

Linha de Xangô: no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são: Caboclo Quebra-Pedra, Caboclo Itapiranga, Caboclo Sumaré, Caboclo do Raio, Caboclo Pedra-Verde e outros.

Linha de Ogum: no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são:Caboclo Espada Dourada, Caboclo do Escudo Dourado, Caboclo Oraí, Caboclo Angarê, Caboclo Karatan, e outros.

Linha de Oxossi: no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são:Caboclo Jupurá, Caboclo Mata Verde, Caboclo Aratan, Caboclo 3 Penas, e outros.

Linha de Yorimá: no grau de protetor alguns dos diversos nomes que são utlizados por essas poderosas entidades são: Pai Tibúrcio, Pai Celestino do Congo, Pai Cipriano, Pai João da Caridade, Pai Chico Carreiro, Vovó Barbina e outros.


7) HIERARQUIA NA UMBANDA - Para melhor entendimento, observemos que as entidades no plano de Orixás menores se organizam em três níveis :

7º grau - chefe de legião
6º grau - chefe de falange
5º grau - chefe de subfalange
4º grau - plano de guia são os chefes de grupamento
3º grau - protetor superior ( companheiro )
2º grau - protetor de trabalhos ( obreiro )
1º grau - protetor integrante ( guerreiro )

Ver perfil do usuário http://www.povodearuanda.com.br

4 Re: ESTUDO BÁSICO DE UMBANDA em Qua 13 Maio - 8:03

E as entidades que se qualificam como sub-planos são chamados de capangueiros

8) CORRESPONDÊNCIAS ESOTÉRICAS - Para compreendermos a atuação vibratória das entidades de Umbanda, recordemos que em nosso organismo físico existem milhares de correntes nervosas, que constituem no sistema nervoso os sete plexos principais , que por sua vez se relacionam aos sete centros de força que existem em nosso corpo astral, conhecidos como chacras. Os sete Orixás e seus representantes atuam de forma mais incisiva em um determinado chacra, e em determinada faixa de nossa aura, rgida por uma cor, conforme a relação a seguir:

Oxalá: Coronário / Mineral: diamante, Cristais brancos / Geometria Sagrada: ponto / Signo Zodiacal: Leão / Dia da semana: Domingo / Horário vibratório: 9:00 às 12:00 horas / Essência ( perfume ): Sândalo / flor: Maracujá, Girassol - Cor branca ou amarela

Iemanjá: Frontal / Mineral: Ágata e Cristais leitosos / Geometria Sagrada: reta / Signo Zodiacal: Câncer / Dia da semana: segunda-feira / Horário vibratório: 18:00 às 21:00 / Essência ( perfume ): Verbena / flor: Rosa Cor: amarelo ou prateado

Yori: Laríngeo /Mineral: Esmeralda ( ar) e Granada ( terra ) / Geometria Sagrada: triângulo / Signo Zodiacal: Gêmeos ( ar ) e Virgem ( terra ) / Dia da semana: quarta-feira / Horário vibratório: 12:00 às 15:00 horas / Essência ( perfume ): Alfazema ( ar ) e Benjoim ( terra ) / flor: Crisântemo Cor: vermelho puro ou tonalidades claras

Xangô: Cardíaco / Mineral: Topázio ( fogo ) e ametista ( água ) / Geometria Sagrada: quadrado / Signo Zodiacal: Sagitário ( fogo ) e Peixes ( água ) / Dia da semana: quinta-feira / Horário vibratório: 15:00 às 18:00 horas / Essência (perfume): Heliotrópio ( fogo ) e Mirra ( água ) / flor: Lírio Branco / Cor: Verde escuro, Marrom

Ogum: Plexo Solar / Mineral: Água marinha ( água ) e Rubi ( fogo ) / Geometria Sagrada: Heptagrama ou estrela de 7 pontas / Signo Zodiacal: Escorpião ( água ) e Áries ( fogo ) / Dia da semana: Terça Feira / Horário vibratório: 3:00 às 6:00 horas / Essência ( perfume ): Tuberosa ( água ) e Cravo ( fogo ) / flor: Cravo branco e vermelho / Cor: laranja ou vermelho

Linha de Oxossi: Esplênico / Mineral: Turmalina ( ar ) e Lapis Lazuli ( terra ) / Geometria Sagrada: hexagrama ou estrela de 6 pontas / Signo Zodiacal: Libra (ar) e Touro (terra ) / Dia da semana: sexta-feira / Horário vibratório: 6:00 às 9:00 horas / Essência ( perfume ): Jasmim ( ar ) e Violeta ( terra ) / flor: Dalia Cor: Azul em qualquer tonalidade ou verde claro

Yorimá: Genésico / Mineral: Hematita ( terra ) e Turquesa ( ar ) / Geometria Sagrada: pentagrama / Signo Zodiacal: Capricórnio ( terra ) e Aquário (ar ) / Dia da semana: Sábado / Horário vibratório: 21:00 às 00:00 horas / Essência ( perfume : Eucalipto ( terra ) e Erva Cidreira ( ar ) /flor: Palmas Vermelho Escuro / Cor: roxo ou xadrez pedro/branco.


9) OBJETIVOS DA CORRENTE ASTRAL DE UMBANDA

a) Apontar o egoísmo como causa de todos os males e sofrimentos humanos;

b) Ajudar os médiuns a tornar suas faculdades mais elevadas, a fim de faze-los missionários de luz;

c) Repelir todo e qualquer movimento de intransigência ou preconceitos de qualquer espécie, que venham a ferir os estados de consciência dos seres humanos;

d) Propagar a tolerância – nenhuma entidade de Umbanda pergunta a crença de quem vem lhe pedir ajuda;

e) Auxiliar a evolução de todos os que ainda se encontram em “campos agrestes”, ou seja, em faixas evolutivas inferiores, sejam encarnados ou desencarnados;

f) Fomentar a humildade – todas as entidades de Umbanda se apresentam na forma de caboclos, pretos velhos e crianças, escondendo sua “identidade”;

g) Implantar o Amor e a Caridade nos corações.


10) RITUAIS DE UMBANDA – podem ser divididos em três aspectos:

a) Sistema de cerimônias simples – expressão puramente religiosa, mística, que envolve cânticos, velas, rezas, flores etc;

b)Sistema de cerimônias complexas – operações para fins de magia, em que usam objetos relacionados aos espíritos superiores ou inferiores;

c) Sistema de cerimônias para evocação ou desenvolvimento de dons mediúnicos – enfeixa os dois acima citados;

Esses três aspectos não deviam ser misturados, mas não existe templo que não os processe ao mesmo tempo, por desconhecerem o ângulo correto de cada um.

Quanto aos apetrechos, muito do que é usado vem da própria ignorância dos encarnados, a qual os espíritos toleram e gradativamente vão ensinando o que é ou não realmente necessário ao ritual. Alguns exemplos:

- Tambores: A mediunidade, para ser positiva, exige paz e concentração. Isto é basicamente impossível, ao som de palmas, atabaques e gritos. A excitação provocada por estes sons é responsável por incontáveis casos de médiuns pulando, gritando, tomando atitudes esquisitas etc, quando não de casos de pura excitação anímica.

- Guias e Colares: existem guias para uso externo que só servem para ação sugestiva ou atrativa. Não imantam nada. Por outro lado, há guias para uso “interno” que só são preparadas a pedido da entidade e têm uma finalidade própria. O material deve ser natural (ervas, favas, sementes), nunca contas ou miçangas de plástico, resina ou vidro.

- Pontos Cantados: Os pontos de raiz são dados pelas entidades, sendo uma prece ou hino de força, que fazem uma ligação fluídica com as Entidades da Corrente de Umbanda. Porém, estão longe de ser os sambas e batuques, que apresentam as entidades com expressões tolas e engraçadas, que proliferam nos discos vendidos por aí.

- Pontos Riscados: existem duas formas de aplicação de sinais riscados – uma externa, exotérica; e outra interna, esotérica – sendo que a primeira é a mais vista nos terreiros, muito influenciada pelo elemento humano. A forma esotérica é de uso exclusivo das entidades, que só o fazem quando há uma finalidade. Os pontos riscados representam clichês astrais que são a forma fluídica de determinadas classes de elementais. São ordens astrais e só são ensinadas a médiuns que estejam aptos a lidarem com elas.

- Oferendas – Na Umbanda, as oferendas são as do coração, do sentimento e do pensamento para Deus, Jesus e todas as Potências Celestiais. Aos Espíritos, nos seus diferentes graus de evolução e entendimento, ou seja, aos que sentem necessidade e se comprazem com oferendas, a estes sim elas são encaminhadas, de acordo com as afinidades vibratórias relacionadas com cada elemental.

Portanto, as oferendas existem, mas nunca são feitas para Deus, Jesus ou os Orixás. São sempre para os espíritos que estão “dentro” da faixa de cada Orixá.

Ver perfil do usuário http://www.povodearuanda.com.br

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum